VISITANTES   436.190
Karla Costa Taylor procura "bis" na Costa Nova

A carioca Karla Costa Taylor, grande vencedora da edição 2010 da Miss Sumol Cup, é uma das mais experientes atletas do Circuito Mundial de Bodyboard, tendo mesmo alcançado o título de campeã do Mundo no ano de 1999. Nove anos depois de ter abraçado o profissionalismo, a brasileira conquistou o mais ambicionado título do bodyboard, ainda para mais na derradeira prova do circuito, a sua favorita Pipeline Pro, no Havai, numa corrida com a sua grande amiga e compatriota Neymara Carvalho, pentacampeã mundial. Em 2010, a praia da Costa Nova assistiu à primeira vitória desta campeã em território nacional, depois de muitos anos a competir nas praias lusas, por isso a bodyboarder encara a vitória na Miss Sumol Cup como uma viragem na sua sorte em Portugal.
Image 

Com 21 anos de carreira ao mais alto nível, e que lhe renderam vários títulos, Karla pensa, uma vez mais, em deixar a alta competição no final da temporada, mas essa é uma decisão ainda por tomar. Karla Costa Taylor é casada com o antigo bodyboarder Alistar Taylor, de quem tem dois filhos.

Image

A um ano de distância, como recordas a vitória na Miss Sumol Cup de 2010?

O que mais amo numa competição é quando todas as meninas estão em harmonia e tudo flui com tranquilidade. É lógico que vencer foi incrível, ainda mais especial por ser em Portugal, um país onde nunca tinha vencido antes! Mas a competição, para mim, foi a marca de um retorno. Retorno à forma, retorno à satisfação de competir, retorno à minha alegria em vencer.

O que distingue a prova de Ílhavo das outras do Circuito Mundial?

Considero a prova uma grande confraternização entre as meninas, a amadora pode ver a campeã mundial e competir com ela se for de sua escolha. E isso, a meu ver, faz a categoria crescer, é muito especial e importante.

Que opinião tens sobre a praia da Costa Nova?

Já participei no evento dois anos consecutivos. A Costa Nova é um lugar lindo, já fiz vários passeios e gosto em particular da beleza das casas, é um grande cartão postal.

Image 

E o que pensas deste mar? É bom surfar na Costa Nova?

Sim, nos dois anos que competi ali peguei boas ondas. Gosto de surfar em condições que me fazem progredir, seja pela água gelada, mar grande, ondas perfeitas ou de «beachbreak». Para mim, é um acto de me superar em todas as condições.

Quais as expectativas para a prova deste ano? Renovar o título?

Sim... seria bom! O meu foco está em Sintra, pois é uma etapa importante para o circuito Mundial. Após essa prova, espero poder curtir a prova de Ílhavo e vencer a etapa, um «bis» seria a marca da minha sorte ter virado em Portugal de uma vez por todas!...

Como está a correr a época até agora?

Estou curtindo estar no circuito, mas ao mesmo tempo penso que este é o meu último ano. Não vou deixar de competir, mas quero focar em outras coisas na minha vida profissional. Por isso quis vir a Portugal e despedir-me de uma vez... Bem, mas falo isto todos os anos... Então vamos ver se consigo sair...

Quais os seus objectivos para a presente época?

O meu maior objectivo é sempre obter o título Mundial, mas, ao mesmo tempo, sei das minhas dificuldades, da minha falta de tempo para me dedicar só a isso. Então, prefiro concentrar-me em dar o meu melhor, inovar o meu estilo, poder compartilhar com as outras competidoras e poder inspirar-me também. Para mim é mais importante estar fazendo parte de um encontro de gerações, onde podemos aprender umas com as outras. E se minhas amigas forem campeãs, vou estar feliz do mesmo jeito.... Berrando na areia, pois sei a alegria que é!...

Que mensagem gostavas de deixar ao público do bodyboard que costuma estar na praia da Costa Nova?

Venham conhecer esse desporto lindo que é o Bodyboard. Um desporto onde consegui mudar a minha vida. Essa pranchinha me fez rodar o mundo e conhecer amigos incríveis. Sou muito realizada e grata por isso. 
 

Image
PALMARÈS

Campeã do Mundo (1999)
Vice-campeã do Mundo (1995, 2000 e 2002)
Campeã dos Estados Unidos (2010)
Campeã da África do Sul (2005 e 2007)
Vencedora do Mike Stewart Pipeline Pro (2000, 2010 e 2011)
Campeã do Mundo ISA (2000)
Campeã brasileira (1994 e 1998)