VISITANTES   419.976
Catarina Sousa é a Miss Sumol Cup 2011

Image
E ao sétimo dia, Deus descansou... E ao sétimo ano uma portuguesa ganhou!... Catarina Sousa é a nova Miss Sumol Cup, depois de vencer a grande final do Campeonato da Europa de Bodyboard, que hoje terminou na praia da Costa Nova, em Ílhavo.
Numa final totalmente falada em português, a bodyboarder de Carcavelos foi melhor do que a brasileira Karla Costa Taylor, que defendia o título conquistado em 2010, e ainda as lusas Rita Pires, campeã nacional em título, e Marta Fernandes, campeã europeia em 2009. Desta forma, a bodyboarders de Carcavelos inscreve, pela primeira vez, o nome de uma portuguesa no quadro de honra da única prova europeia exclusivamente feminina.

A 7.ª edição da Miss Sumol Cup, que voltou a bater o recorde de inscrições (44 atletas, de 10 nacionalidades), terminou em festa, apesar do "dia idiota", como alguém dizia no areal, que se verificou, pois um batalhão de nuvens cedo encobriu o Sol, fazendo baixar a temperatura e afastando o público da praia. Mesmo assim, o evento prosseguiu como previsto, ficando a animação e a festa a cargo das próprias atletas, dando mais uma demonstração cabal do espírito muito singular da prova de Ílhavo.

Image

"Era um título que perseguia há sete anos... É um espectáculo, ainda nem estou a acreditar que ganhei. Esta é uma vitória para todas as portuguesas que há muito tentamos ganhar este campeonato", disse Catarina Sousa, logo após sair da água como grande vencedora da 7.ª edição da Miss Sumol Cup e ter sido levada em ombros, sem pôr os pés na areia, afinal como manda a tradição surfista, até ao pódio.
"Adoro participar nesta prova, não só pelo evento em si, mas pelo alto nível que tem sempre. Isto é uma espécie de Sintra 2, pois estão cá praticamente todas as bodyboarders que disputam o Circuito Mundial", acrescentou a nova Miss Sumol Cup, referindo-se, de seguida, à forma como chegou à vitória: "Como não ouvia as notas e a classificação, tentei manter a calma e focar-me apenas nas ondas".

Image

Se houve algumas candidatas à vitória que foram ficando pelo caminho, logo na segunda ronda, ou nos quartos-de-final, a verdade é que o quadro das meias-finais apresentava nomes de peso do bodyboard mundial. Aí, o trio de portuguesas e a Miss Sumol Cup 2010 foram as mais fortes, afastando competidoras como a espanhola Eunate Aguirre, actual líder do ranking mundial, Ayaka Suzuki, que conseguiu a melhor onda do evento, com 8.75 pontos, a australiana Lilly Pollard, quarta classificada do ranking mundial, e ainda a brasileira Nicolle Calheiros.

Image

Na final, Karla Costa Taylor partia como favorita, até porque defendia o título conquistado em 2010, e comprovou-o com a liderança ininterrupta até cinco minutos do fim. Foi, de facto, uma finalíssima muito bem disputada e competitiva, com a brasileira cedo a assumir o comando, enquanto Catarina Sousa, Marta Fernandes e Rita Pires iam alternando nas posições secundárias.
A meio da final (com 15 minutos disputados), Marta Fernandes era segunda (a precisar de uma onda de 5.51 pontos para chegar à liderança), Catarina Sousa terceira (5.17) e Rita Pires quarta (8.01).
Porém, quando faltavam cerca de oito minutos, a actual campeã nacional Rita Pires, com uma onda de 6.93 pontos, subiu até ao segundo posto, mas mesmo em cima dos 25 minutos do tempo da final, Catarina Sousa surfou uma onda para a direita, em que efectuou um rolo brutal, que lhe valeu 6.73 pontos e a guindou à liderança que jamais largaria. A carioca Karla Taylor ainda conseguiu uma onda de 6.77 pontos, mas não foi suficiente para alcançar a atleta de Carcavelos, que assim se sagrou Miss Sumol Cup, vencendo a etapa do Circuito Europeu de Bodyboard.

Image

Ao cabo dos 30 minutos que durou a final, em que as atletas podiam surfar 15 ondas (contando as duas melhores), a classificação ficou assim ordenada: 1ª Catarina Sousa, 14.40 pontos; 2.ª Karla Costa Taylor, 13.60; 3.ª Rita Pires, 11.93; 4.ª Marta Fernandes, 11.33.
"De facto, foi por pouco que não consegui ganhar outra vez, mas estou feliz com o segundo posto e estou contente pela Catarina, que é a minha companheira aqui em Portugal", afirmou Karla Costa Taylor, acrescentando: "Acho que terminei a minha viagem a Portugal muito bem... Adoro este campeonato pela confraternização entre todas as meninas".

Image

Também Rita Pires se mostrou satisfeita com a prestação na Costa Nova, apesar da terceira posição: "Foi um campeonato positivo. Foi algo cansativo, porque competi tudo hoje e isso reflectiu-se um pouco na final, mas estou satisfeita, como sempre, pois esta é uma prova muito importante. Chegar à final é sempre o primeiro objectivo e consegui, mas depois qualquer uma pode ganhar... Apanhei muitas ondas, lutei, mas os resultados não apareceram".

Image

A quarta classificada Marta Fernandes referiu estar "contente pela final, apesar do resultado".
"Vim aqui porque é o campeonato de que mais gosto, mas também para ganhar pica para o Nacional, porque estou a trabalhar e nem sempre consigo conciliar com o bodyboard. Por isso, estou muito satisfeita", explicou a campeã da Europa de 2009, que nos quartos-de-final se teve que bater com três das quatro japonesas que participaram no evento e que têm vindo a afirmar-se de forma fantástica no panorama do bodyboard internacional.

Image

Na competição de bodyboard da Miss Sumol Cup foram surfadas 575 ondas, tendo a qualidade subido bastante, em relação ao dia de ontem, não apenas pela categoria das atletas em prova, mas também porque o mar apresentava melhores condições, com ondas entre 0,5 e um metro.
A japonesa Ayaka Suzuki, que se quedou pela semi-final, conseguiu a melhor onda, com 8.75 pontos, enquanto a espanhola Eunate Aguirre alcançou o melhor resultado da prova com 14.65 pontos, nos quartos-de-final.
A brasileira Gabriela Gouveia foi eleita Miss Simpatia, prémio pela enorme animação que levou ao areal durante toda a prova, mantendo a «galera» bastante divertida todo o tempo.

Image

Antes da entrega de prémios ainda houve uma sessão de tow-out, em que participaram maia dúzia de competidoras, que assim glosaram um pouco mais do mar da Costa Nova, dando espectáculo para quem estava no areal.
Hoje à noite há o jantar de encerramento com todos os envolvidos no evento a bordo do navio Santa Maria Manuela, onde ficaram alojadas algumas das competidoras, terminando esta 7.ª edição da Miss Sumol Cup em ambiente de festa, na discoteca Estação da Luz, em Aveiro, com as escolhas musicais a cargo dos dj Antena 3 Mónica Mendes e Rui Estêvão e ainda do aveirense Jepê.

Boas ondas e até para o ano!...

Miss Sumol Cup é patrocinada pela Sumol e Câmara Municipal de Ílhavo, com o apoio de Pascoal, Smart - Mercentro, Nestlé Fitness, Isabel Castro Cabeleireiros, Ekena Bay, Glicínias Plaza, Pizzarte, Luisóptica, Hotel das Salinas, Piz Buin, Tribo do Sol, Estação da Luz, Turismo do Centro de Portugal, Mais Centro.
Como Media Partners, o evento ilhavense conta com o apoio do Diário de Aveiro, Cosmopolitan, Sport Life, Girlz, Zona Radical e Antena 3.

Nas páginas do Facebook de diversos patrocinadores ainda estão a decorrer passatempos em que são oferecidos prémios muito apetecíveis, em especial pranchas de bodyboard.