VISITANTES   419.800
JOANA SCHENKER VENCE PROVA A CONTAR PARA O NACIONAL DE BODYBOARD

                                        Image

Confirmando o domínio que evidenciou ao longo de todo o primeiro dia de competição da XI MISS SUMOL CUP by Entreposto A. Fontes, Joana Schenker venceu a prova a contar para o Circuito Nacional de Bodyboard Open Feminino, com um score total de 14.50 pontos, fruto de duas ondas (8.00 e 6.50 pontos), que impressionaram o muito público que se juntou à beira do mar para assistir à final.

Num dia fabuloso de Verão, em que até o Rei Nemo ajudou bastante, não apenas com ondas, mas também com água quente, a Miss Sumol Cup arrancou da melhor forma, com uma prova que contou com o top 10 nacional e que teve heats muito disputados e de bom espectáculo.
Joana Schenker que chegou à praia da Costa Nova, em Ílhavo, com a firme determinação de vencer para reentrar na luta pelo título nacional (que diga-se, está em seu poder actualmente), levou a sua avante, vencendo, mas também realizando as três melhores ondas do dia, duas excelentes (9.25 e 9.00 pontos) e ainda uma boa (8.00 pontos). Aliás, das 10 melhores ondas, Schenker fez seis. Para além disto, a luso-germânica de Sagres conseguiu também os dois melhores resultados, com 18.25 e 14.50 pontos.

                                        Image

Na final, Teresa Almeida, que em 2014 venceu no mar da Costa Nova, entrou forte, colocando-se na liderança, mas a meio da bateria, Joana Schenker fez uma onda de 8.00 pontos, arrebatou a liderança e logo a seguir, enquanto a nazarena vinha ao inside (cansando-se e perdendo tempo precioso), reforçar essa posição da frente, com 6.50 pontos, não mais largando o primeiro lugar. Teresa Almeida, que terminou com um score de 10.35 pontos, ainda tentou, mas as ondas que surfou nunca foram suficientemente boas para destronar a líder.
Catarina Sousa (8.70 pontos) e Mariana Machado (4.75 pontos), as outras duas finalistas, andaram desencontradas com as ondas, nunca demonstrando capacidade para se intrometer na luta pela vitória.

                                        Image

Com este resultado, Joana Schenker assume a liderança do Nacional, ultrapassando Marta Leitão, que na Miss Sumol Cup by Entreposto A. Fontes se quedou pelas meias-finais (5º lugar).

De resto, o primeiro dia da Miss Sumol Cup 2015 foi pleno de actividade e actividades paralelas. A escolha era difícil, mas dava para conciliar entre experiências de bodyboard e de surf para iniciados ou o slackline, desporto recente em Portugal, mas que no areal da Costa Nova cativou muitos jovens a experienciarem o que é verdadeiramente a sensação de equilíbrio.

                                        Image

Muita gente no areal a aproveitar o fantástico dia de praia, aproveitando ainda para participar nos muitos passatempos promovidos pela organização, a cargo da Associação de Surf de Aveiro (ASA), e por alguns patrocinadores e ainda nos workshops.

DECLARAÇÕES DAS FINALISTAS

JOANA SCHENKER (1º lugar) - "Objectivo cumprido. Vim cá para ganhar e reentrar na luta pela revalidação do título nacional e consegui. Estou muito feliz porque as cartas foram novamente baralhadas. Esta praia nunca me deixou ficar mal, há sempre ondas e hoje voltou a acontecer. Parabéns, uma vez mais, à organização, que optou bem por fazer a final na melhor fase da maré"

TERESA ALMEIDA (2º lugar) - "Foi uma final cansativa... Se calhar, não devia ter vindo ao inside duas vezes, mas não conseguia ouvir as notas. Mesmo assim estou satisfeita e se não fiz melhor foi porque a Joana esteve melhor"

CATARINA SOUSA (3º lugar) - "Esperava encontrar ondas melhores! Ou não soube esperar pelas melhores ondas, ou não sei... porque via muitas ondas a passar... Estive desencontrada das ondas. Eu não estou a fazer este Circuito, mas queria muito estar aqui, porque gosto muito deste Campeonato e espero voltar sempre e muitos mais anos, como atleta ou como treinadora"

MARIANA MACHADO (4º lugar) - "A final não correu muito bem, não me encontrei com as ondas. Havia muitas ondas, mas era preciso escolher bem. Este Campenato é muito importante para dar a conhecer a nossa modalidade, porque muitas miúdas fixam-se no surf e o bodyboard é muito bonito também"