VISITANTES   419.803
O SLACKLINE E O SURF

                                        Image

Ao longo dos cinco dias da XI MISS SUMOL CUP by Entreposto A. Fontes não só de competição se fez o evento mais charmoso e feminino do bodyboard e surf. Entre as múltiplas actividades paralelas, este ano o slackline teve lugar de destaque.

                                        Image

O Slackline surge associado à Miss Sumol Cup depois de uma experiência embrionária realizada em 2014. E porque o surf e o slackline até têm mais pontos de contacto do que se possa pensar à primeira vista, a Associação de Surf de Aveiro (ASA) decidiu desta feita, apoiar a emergente modalidade a ganhar visibilidade, ao mesmo tempo que sensibiliza as surfistas, e não só, para as virtudes que a modalidade pode ter para o seu desempenho no mar.

                                        Image

Senão, vejamos: o Slackline consiste em efectuar saltos de grande amplitude ou manobras (estáticas ou dinâmicas, rotações e flicks) no ar, utilizando uma fita elástica de cinco centímetros (fortemente) esticada e (fortemente) fixada em dois pontos, conseguindo sempre manter-se o equilíbrio sobre a fita. Paralelamente, há também os chamados Waterline, Highline e o Longline em que o objectivo é a distância que se percorre equilibrado sobre a fita.

                                        Image

Assim, no areal da Costa Nova estiveram montados três aparelhos, a três alturas diferentes, estando a sua utilização dependente da habilidade dos praticantes: uma para os mais jovens ou mais temerários experimentarem, outra, um pouco mais alta, para os mais afoitos e uma terceira, ainda mais alta, para quem já domina a modalidade, tal como os elementos do Aveiro Slackliners, responsáveis pela estrutura instalada.

                                        Image

Duas slackliners que já entram em competições, a espanhola Mariana Gimenez e a portuguesa Inês Mateus, foram as duas convidadas da Miss Sumol Cup para fazerem algumas demonstrações e ministrarem alguns ensinamentos a quem quis e foram muitos os curiosos e interessados. A elas duas juntaram-se o irmão de Mariana, Emi Gimenez (top 10 do Mundo), e os Aveiro Slackliners, André Antunes, Alexandre Morgado, Carlos Costa (Cajó) e Gustavo Martins.

                                        Image

"As grandes virtudes do slackline são o equilíbrio e a concentração, mas também a rapidez de reflexos, a flexibilidade, a elasticidade, a coordenação motora e a consciência corporal", sublinha André Antunes, acrescentando: "É preciso juntar o físico à Física, porque em cima da linha, chega a um ponto em que o físico exige Física".
Já sobre as virtudes do slackline aplicadas ao surf, André Antunes enumera algumas: "Desde logo o equilíbrio e a concentração, a noção do centro de massa, muito importante no bodyboard, para além da flexibilidade, por exemplo, no caso da flexão dos joelhos no surf".

                                        Image